• André Dutra

CERVEJA SOVIÉTICA: ESTA FOI A MAIOR E MAIS POPULAR FÁBRICA DA URSS

Artigo:

Cerveja Soviética: Esta Foi a Maior e Mais Popular Fábrica da URSS


AUTORA: Anna Sorokina | ANO: 2021

Fonte: Site Russia Beyond


Fábrica de cerveja em Samara / via Alexéi - Sputnik


Hoje, a cerveja Zhigulióvskoie soviética é fabricada em muitos lugares na Rússia e no exterior. Mas quais são suas origens?


A loja e o bar da Cervejaria Zhiguliovsky, na cidade de Samara, às margens do rio Volga, estão sempre ocupados. Enquanto esperam por um novo lote de sua cerveja favorita, os clientes circulam. A cerveja chega à loja através de um tubo subterrâneo, e os moradores dizem que é muito superior ao que pode ser encontrado em outras lojas, já que uma verdadeira cerveja Zhigulióvskoie não pode ser armazenada por mais de alguns dias.


Apesar da longa fila, os clientes da cervejaria são atendidos muito rapidamente: cada um tira a tampa da garrafa vazia que trouxe, entrega-a ao balconista, que a enche com cerveja da torneira, o cliente recoloca rapidamente a tampa antes que a espuma comece a subir, enquanto o balconista atende o próximo cliente. “A questão é que isso é chope e é uma bebida melhor em climas quentes, - diz um morador local, Yegor Samsonov. - Eu me lembro de como, quando éramos estudantes, íamos para casa a pé para economizar dinheiro e comprar mais um litro de cerveja aqui. E no verão, quando havia muita gente, eles tiravam mais uma cisterna e despejavam a cerveja direto da torneira ”.

Zhigulióvskoie é uma das cervejas mais famosas da Rússia. Era feita aqui, às margens do Volga, desde o século 19, e se popularizou nos anos da União Soviética. A cervejaria foi fundada em 1881 por um cidadão austríaco, Alfred von Vacano. Ele escolheu Samara por sua água limpa e conexões convenientes de transporte. Vacano deu o nome de sua variedade de cerveja mais popular em homenagem à sua terra natal: Vénskoie (“vienense”). A cerveja fabricada em Samara com este nome era vendida não apenas na Rússia, mas também em bares na Europa: a cervejaria tinha uma rede de armazéns de Varsóvia a Vladivostok. No entanto, a Primeira Guerra Mundial foi um duro golpe para a indústria cervejeira russa: um decreto imperial introduziu a lei seca no país e Vacano foi expulso de Samara por suspeita de espionagem. Após a Revolução de 1917, ele e sua família partiram para a Áustria.

Antigo prédio da Cervejaria / via Russiainphoto


A essa altura, a cervejaria já havia sido nacionalizada, mas não estava em operação. Na década de 1920, os filhos de Vacano receberam permissão para reativar a cervejaria, mas alguns anos depois eles também foram forçados a deixar o país, e a cervejaria tornou-se totalmente estatal. Desde então, passou por muitas transformações. Em 1934, o então comissário municipal para a indústria de alimentos, Anastas Mikoián, visitou a cervejaria. Ele ficou impressionado com a qualidade da cerveja, mas enfurecido com o nome "burguês". Assim, Vénskoie se tornou Zhigulióvskoie, em homenagem às montanhas Zhigulí, localizadas na outra margem do Volga. A cervejaria também produzia outras cervejas, mas eram menos populares.


Como qualquer outro produto na URSS, a cerveja Zhigulióvskoie tinha que obedecer a um padrão de qualidade estadual (GOST). Era uma lager com um mínimo de 2,8% de álcool e um extrato original não inferior a 11%. GOST também regulamentou os tipos de matérias-primas usadas e a duração da fermentação. De acordo com esses padrões, a cerveja Zhigulióvskoie era fabricada em mais de 700 fábricas em toda a União Soviética. Por que tantas? O fato é que as cervejas soviéticas não podiam ser armazenadas por muito tempo, no máximo uma semana, por isso as cervejas à venda costumavam vir da cervejaria mais próxima. Eles eram colocados nas embalagens dos próprios clientes em quiosques de entrega ou vendidos nas lojas em garrafas de vidro (que, uma vez vazias, podiam ser devolvidas à loja por uma pequena quantidade).


Não é surpreendente que em muitas cidades soviéticas existissem cervejarias chamadas Zhiguli. Um bar com o mesmo nome sempre foi um dos lugares mais baratos em Arbat, no centro de Moscou (vários anos atrás, Vladimir Putin fez uma visita), enquanto em Leningrado, um bar Zhiguli era popular entre os boêmios, apesar de ter a reputação de sendo um lugar um tanto "selvagem". Hoje, Zhigulióvskoie é produzida apenas em várias dezenas de cervejarias na Rússia e nas ex-repúblicas soviéticas, mas essas cervejas são muito diferentes em sabor, força e fermentação.

Vladimir Putin em um bar, Moscou 2012 / via Alexéi - Sputnik


Moradores de Samara dizem que o sabor do Zhigulióvskoie recém saído da fábrica não mudou muito ao longo dos anos, mas encontrá-lo fora da região é praticamente impossível, pois não pode ser armazenado por muito tempo. Portanto, as pessoas estão dispostas a fazer fila para obtê-lo. Tornou-se uma especialidade local.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo